Um dia de pressão, um dia de reação

images (1)

As atribuições exclusivas do cargo de policial penal são indelegáveis e somente podem ser desempenhadas por ocupantes de cargo de carreira da atividade-fim das polícias penais. Para garantir que nossas prerrogativas sejam mantidas, estamos atentos para quaisquer ações do governo que enfraqueçam a construção da Polícia Penal que queremos.
É nesse sentido que a Amapergs Sindicato, no mesmo dia em que tomou ciência da publicação no DOE dos nomes que compõem o GT Polícia Penal e da fala controversa do governador sobre a PPP de Erechim, deu encaminhamento a ações que coloquem em pauta esses dois temas de suma importância para a categoria dos servidores penitenciários, assim:
– a Comissão Permanente de Segurança da Assembleia Legislativa foi provocada para que se abra espaço para discussão das ideias de privatização de parte ou da totalidade das atividades do Sistema Prisional, discussão que será feita na Comissão no dia 01/10/2020, quinta-feira;
– o Deputado Elizandro Sabino (PTB), que preside a Frente Parlamentar do Sistema Penitenciário da Assembleia Legislativa, foi contatado e comprometeu-se a convocar reunião extraordinária da Frente para que seja colocada em pauta a PPP de Erechim;
– foi protolocado pedido de agenda com o governador para tratar sobre o GT Polícia Penal e PPP de Erechim;
– 24/09 será encaminhado documento à VEC para que se manifeste quanto às questões legais envolvidas nas manifestações feitas pelo Governador do Estado ao abordar o tema da PPP de Erechim.

Além disso, sabemos que é oportuno que a categoria anseie por mobilização, por articulações que envolvam os servidores, visando construir a pressão necessária para que seus representantes tenham assento no GT que discute a regulamentação da Polícia Penal e colocamo-nos à disposição para o engajamento dos servidores.
Direitos Trabalhistas são produtos de muita luta da classe trabalhadora, estranho seria se não fosse do mesmo modo com os servidores penitenciários, da mesma forma que não nos resta outro caminho que não seja o de luta.
Cada um e todos nós, necessitamos da unidade da categoria, da força de luta, do engajamento e da consciência de que somente o enfrentamento corajoso de nossas batalhas poderá nos conduzir à vitória.

 75 Total de Visualizações,  1 Visualizações Hoje

Compartilhe essa notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *