Mês de Prevenção ao Suicídio

SETEMBRO AMARELO

10/09 – Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a segunda maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. A cada 40 segundos uma pessoa morre, vítima de suicídio no planeta.
Sem dúvida, essa é uma das maiores epidemias já vividas. Sendo a informação e o cuidado atento às pessoas que nos rodeiam, a melhor forma de evitá-lo.
Infelizmente, a maioria de nós, servidores da SUSEPE, conhece alguém que já atentou contra a própria vida, com êxito ou não. O que nos faz refletir sobre o que a pessoa estava sentindo e que não conseguimos ver e, até mesmo, gerar sentimentos de culpa.
A pessoa que comete suicídio não tem a intenção de acabar com a própria vida, ela quer acabar com dor, com o sofrimento que está passando, e não vê outra saída.
Nosso trabalho, como servidores do sistema prisional, é um tanto difícil e árduo. Conviver com o sofrimento e com as mais diversas formas de perversidade do ser humano no dia-a-dia, não é nada fácil. Por vezes nos deparamos com sentimentos de raiva, de impotência, de culpa, frustração, entre tantos outros sentimentos negativos, que afetam nossa saúde mental.
O importante é nos conhecermos, nos darmos conta quando algo não nos faz bem, sejam questões relacionadas às pessoas que custodiamos, sejam questões ligadas ao contexto institucional. Para, a partir daí, parar, refletir, e entender que podemos estar adoecendo.
Além desse olhar para si mesmo, podemos auxiliar a pessoa que está ao nosso lado. Às vezes, aquele colega mal humorado, que reclama de tudo, que deixa a cadeia mais agitada, pode estar em sofrimento, adoecido e, ao invés de apenas reclamar e nos afastar dele, podemos oferecer ajuda, como uma escuta atenta, um ombro amigo.
É imprescindível atentar para alguns aspectos que podem estar relacionados à Depressão, principal causa do suicídio:
1. Tristeza, vazio ou desesperança na maior parte dos dias;
2. Diminuição do prazer ou interesse em atividades diárias;
3. Ganho ou perda de peso, ou aumento ou diminuição do apetite;
4. Insônia ou sono em excesso;
5. Lentidão ou agitação incomum;
6. Cansaço ou falta de energia;
7. Sentimento de inutilidade ou de culpa sem motivo;
8. Falta de concentração ou indecisão;
9. Pensamentos recorrentes de morte.
Se você tem ou conhece alguém que tenha a maioria desses sintomas, fique atento e procure ajuda. A depressão tem tratamento e podemos evitar que a pessoa chegue ao ponto de tentar tirar a própria vida.
Diante disso, fica o convite para exercitarmos esse cuidado consigo e com o outro, podemos fazer a diferença no combate ao sofrimento e a depressão de quem faz parte do nosso dia-a-dia profissional. Sejamos uma grande rede de apoio e promoção da vida!

SASS/Seção de Atendimento ao Servidor da SUSEPE (sass@susepe.rs.gov.br / fone: 51 32254305)
Centro de valorização da vida (CVV): 188

 76 Total de Visualizações,  1 Visualizações Hoje

Compartilhe essa notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *